Páginas

quinta-feira, 29 de julho de 2010

DEFESA PESSOAL BRASILEIRA MARLEY MENDONÇA

DEFESA PESSOAL BRASILEIRA




A DEFESA PESSOAL BRASILEIRA, é um sistema de ataques e defesas criado pelo Shihan Marley Mendonça, que consiste em uma serie de técnicas que permite a pessoa defender - se de um ataque em situações do cotidiano, ou em sua área de serviço, como policias, exércitos e segurança de dignidades, e em comuns homens e mulheres.

Esta defesa pessoal foi didaticamente organizada e estruturada em níveis de faixas que permite avaliar o estudante e leva-lo a faixa preta de combate corpo a corpo. Tem o único objetivo a auto defesa do individuo que apreende este sistema de combate.

Ao aprofundar - se na defesa pessoal, que engloba quedas, torções, chaves, além ataques em pontos que levam o oponente a sentir a necessidade de libertar a vitima. O perito em defesa pessoal tem mais confiança em si próprio, com mais agilidade, resistência e força no combate corpo a corpo.

A DEFESA PESSOAL BRASILEIRA tem como principio que jamais o aprendido seja posto em pratica, a não ser para salvaguardar a sua integridade física como legitima defesa.

A DEFESA PESSOAL BRASILEIRA é registrada na CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CULTURA E ARTES MARCIAIS, e seus praticantes recebem o diploma de FAIXA PRETA DE DEFESA PESSOAL BRASILEIRA , devidamente oficializada por esta instituição tendo o seu reconhecimento de acordo com a legislação vigente.

A defesa aqui tratada não requer força, e o estudante irá graduar se dentro de processo de ensino, metódico e didático para o aprendizado e sua segurança física e psicológica.



Prof. Dr. MARLEY MENDONÇA- PhD

Grão Mestre Arte Marcial 8ª Grau WKA





1.DEFESA PESSOAL BRASILEIRA

CRIADOR SHIHAN MARLEY MENDONÇA 8ª GRAU WKA



1.1- FAIXA BRANCA



1- FUNDAMENTOS DE QUEDAS



UKEMI

1- USHIRO UKEMI - QUEDA PARA TRÁS

2- YOKO UKEMI - QUEDA PARA O LADO

3- MAE UKEMI - QUEDA PARA FRENTE



2- FUNDAMENTOS DE DEFESA E BLOQUEIO



1 - JODAN AGUE UKE - DEFESA ALTA

2 - UCHI UKE - - DEFESA MEDIA

3 - SOTO UKE - DEFESA MEDÍA

4 – GUEDAN BARAI - DEFESA BAIXA

5 – SHUTO UKE - DEFESA MÃO ABERTA

6 – MAWSHI – UKE - CIRCULAR

7 – JUJI – UKE - DEFESA CRUZADA



3- FUNDAMENTOS DE GOLPE DE ARREMESSO



1 – OSOTOGARI - ARREMESSANDO PARA TRÁS

2 – KOSHI GURUMA – ARREMESSANDO PELO PESCOÇO

3 – OGOSHI - ARREMESSANDO PELA CINTURA



4-FUNDAMENTOS DE ATAQUES DE MÃOS



1 - JAB

2 – DIRETO

3 – CRUZADO

4 – ATAQUE COM AS MÃOS ABERTA ( DEDOS, INVERTIDO, PALMA, COSTA)



5- FUNDAMENTOS DE ATAQUES DE PÉS



1 – PEITO DE PÉ

2 – CHUTE PARA FRENTE ( VIRILHA, RINS, JOELHO)



6-TÉCNICAS DE SOLO



1- HON KIZA GATAME

2- KATA KATAME







1.2´- FAIXA CINZA



FUNDAMENTOS DE GOLPES DERRUBANDO



1- PUXADA NAS DUAS PERNAS - DERRUBANDO PELA FRENTE (BAIANA)

2- PUXADA NAS DUAS PERNAS - DERRUBANDO POR TRÁS



FUNDAMENTOS DE ATAQUES DE MÃOS



1 – UPPER 2 – SWING 3 -COTOVELOS



FUNDAMENTOS DE ATAQUES DE PÉS



1 – JOELHO 2 – CHUTE DE LADO 3 - PISÃO

FRENTE PATELA KAKATO



ESTRANGULAMENTOS

1 – NAMI – JUJI – SHIME 2 – KATA – JUJI – SHIME 3 – GUIAKU – JUJI - SHIME

TÉCNICAS DE EMPURRÃO DE FRENTE

1° METODO 2° METODO JIU –THAI -JITSU



TÉCNICAS DE SAÍDA COM AS MÃOS

1 - PEGADA DA LAPELA COM UMA DAS MÃOS

2 - PEGADA NA LAPELA SEGUIDA DE UMA TRAVA VIOLENTA

3 - PEGADA NAS DUAS LAPELAS

4 - PEGADA NA LAPELA INVESTIDA

5 - PEGADA DO BRAÇO OU DA MANGA ACIMA DO COTOVELO

1° METODO 2° METOTO

6 - PEGADA DO BRAÇO OU DAMANGA ABAIXO DO COTOVELO

7 - LIERTAÇÃO DOS PULSOS:

A) PEGADA DO PULSO OPOSTO

B) PEGADA DO PULSO DIAGONAL

C) PEGADA DE UM PULSO COM AS DUAS MÃOS

D) PEGADA DO BRAÇO OU MANGA ABAIXO DO COTOVELO

1° METODO 2° METODO

8 - PEGADA PELO CABELO

9 - PEGADA NA GARGANTA COM UMA DAS MÃOS



1.3- FAIXA VERDE



QUEDAS



4- USHIRO UKEMI - QUEDA PARA TRÁS

5- YOKO UKEMI - QUEDA PARA O LADO

6- MAE UKEMI - QUEDA PARA FRENTE





ROLAMENTO PARA FRENTE

ROLAMENTO PARA TRAS

ROLAMENTO SALTANDO



DEFESA DE BLOQUEIO

BLOQUEIO ALTO, MEDIO E BAIXO COM AS MÃOS

BLOQUEIO COM AS PERNAS



ARREMESSO

PUXADA NAS DUAS PERNAS (Tawara Gaeshi)

ARREMESSO POR CIMA DOS OMBROS (Kata Guruma)

PASSADA DE PERNAS COM BANDA (Deashi Barai)



FUNDAMENTOS DE ATAQUES DE MÂOS

SEQUENCIA DE ATAQUES

HOJUN DO

Defesa de jabs

Defesa de pisão

Gravata girando



FUNDAMENTOS DE ATAQUES DE PES

SEQUENCIA DE ATAQUES DE PES



TECNICAS DE CHÃO

MONTADA

TRIANGULO,

CHAVE DE PERNAS

Americana

crucifixo

passagem de guarda

raspagem








1.4 - FAIXA MARROM



TÉCNICA DE SOLO

1 – JUJI GATAME I – II – III (CHAVE DE BRAÇO)

2 – UDE GARAMI



ATAQUE DE LADO GRAVATA

1 - Pegada De Cabeça (Esquiva)

2 - Pegada De Cabeça ( Libertação)

3 - Pegada De Braço Pelo Bicéps

4 - Pegada De Braço Pelo Cotovelo

5 - Pegada De Braço Pelo Pulso

ATAQUE PELAS COSTAS (MATA LEÃO COSTA E PELA FRENTE)

1 - Pegada Pelo Cotovelo

2 - Pegada Pelo Pescoço

3 - Abraçamento Por Detrás Sobre Os Braços

4 - Pegada Pelo Braço Por Detrás

DEFESA CONTRA ATAQUE DE CADEIRA

1 - Golpe De Cadeira De Ponta

2 - Golpe De Cadeira De Lado

4 - Golpe De Cadeira De Cima Para BaiXO

DEFESA CONTRA BASTÃO TONFA

1 - Bastão De Cima Para Baixo

DEFESA CONTRA GOLPE DE FACA

1 - Golpe De Ponta

2 - Golpe De Cima Para Baixo

3 - Golpe De Baixo Para Cima

4 - Golpe Lateral

5 - Golpe De Reversão

DEFESA CONTRA REVOLVER

1 – Mãos Ao Alto De Frente

2 – Mãos Ao Alto De Costa

COMO DOMINAR UM ADVERSÁRIO

1) Dedo 2) Algema

3) Movimento Com Tonfa 4) Movimento Com Bastão

5) Imobilização Do Detido 6) Condução Do Detido

7) Segurança Do Detido 8) Abafamento E Desequilibrio

TÉCNICA DE SAIDA COM AS MÃO

1 - Pegada Na Garganta Com As Duas Das Mãos

2- Abraçamento Pela Frente Sob Os Braçõs

3- Abraçamento Pelas Pernas



FAIXA PRETA (Finalizando com a Faixa Preta)

SISTEMA NACIONAL DE KICKBOXING

ARTE MARCIAL KICKBOXING

SISTEMA NACIONAL DE KICKBOXING=SNK-




CRIADO PELO SHIHAN

MARLEY MENDONÇA ALVES

GRÃO MESTRE 8º GRAU - WKA

TONY MARQUES

GRÃO MESTRE 7 GRAU WKA






1. INTRODUÇÃO

1.1A HISTÓRIA

O Sistema Nacional de Kickboxing iniciou em 1991 com os Grão Mestre Marley Mendonça DF e Tony Marques de Oliveira RGN com o objetivo de ensinar e promover o full contact., posteriormente o Grão Mestre Marley Mendonça colocou as técnicas de absorção do karate de contato okinawana com respectiva forma de luta onde desenvolve a respiração marcial Ibuki, chutes nas pernas, e incluindo as técnicas de pernas das diferentes Artes Marciais; as técnicas de punhos do boxe ao tronco, cabeça e pernas .

Combate Livre permitiu luta em pé e no chão com todas as técnicas: golpes de punhos, pernas, joelhos, cotovelos, cabeça, projeções e de submissão chaves, estrangulamentos e torções.

Atualmente o Sistema Nacional de Kickboxing é um eficiente sistema de ataque e defesa que é o resultado das técnicas de diferentes lutas ensinado dentro da graduação do Kickboxing.

O fato é que o Sistema Nacional de Kickboxing é ensinado há 18 anos devidamente registrado e hoje filiado á Confederação brasileira de Cultura e artes marciais com escolas no Brasil e no mundo.

O Gâo Meste Marley Mendonça é o idealizador do atual modelo da Escola Sistema Nacional de Kickboxing como escola de luta de contato, o Grão Mestre Toni Marques é o responsável pela grande divulgação que este sistema alcançou no Brasil. Esta é uma escola que criou tradição no Brasil. Há algumas variações de uma região brasileira para outra fruto de alunos de nosso Sistema que sem fundamentos alteraram o nome, mas isto não houve solução de continuidade na sólida base da Escola Sistema Nacional de Kickboxing da luta de contato de ataques e defesas.



No inicio dos anos 70, aonde praticantes de diversas Artes Marciais procuraram realizar uma forma de Luta onde pudessem competir entre si, independentemente do Estilo Marcial que praticavam. Nestes Combates em FULL-CONTACT / Boxe Americano (designados também por Profissional Karaté), na época, eram apenas permitidas todas as técnicas de pernas das Artes Marciais acima da cintura e todas as técnicas de punhos do Boxe. Inicialmente estes combates eram feitos numa área de tatami, tendo sido adaptado rapidamente a sua realização em Ring de Boxe, o que dado ao espaço limitado pelas cordas ( logo menos distância de combate), fez com que os competidores tivessem de recorrer ao aperfeiçoamento e condicionamento físico na prática de Boxear ( usada pelos pugilistas). São grandes lutadores e mestres neste estilo de FULL-CONTACT: Joe Lewis, Mike Anderson, Chuck Norris, Bill Walace, Benny Urquidez, Kurban, Garcia, Corning, Cecil Peoples, Ramon Smith, Walli Slokis, Duenas, Duran, Williams, Howard Hanson, Jean Yves Therriault, Don Wilson, Jeff Smith, Rick Rufus, Fred Royers, Dan Macaruso, Roger Pachy, Dominique Valerá, entre outros; Grandes Mestres: Jonh Rhee, Ed Parker, Hee IL Cho e o famoso e lendário Bruce Lee, pioneiro no FULL-CONTACT em todos os seus estilos de combate, criador do seu próprio estilo o Tao of Jeet Kune Do que incorpora as técnicas mais eficazes de cada Arte Marcial e Desportos de Combate.



O estilo de luta FULL-CONTACT teve como 1º organismo a agrupar todos os praticantes e a homologar os eventos, a PKA – Profissional Karate Association no USA que seguidamente foi introduzido na Europa, via França por Dominique Valera, designando o estilo por Full-contact / Boxe Americano; depois, já nos anos 80 surge na Suíça a EPKA por ação dos irmãos Cañabate e Bill Wallace, entretanto ainda em 73 no USA surge também a WKA – World Karate Association por ação de Benny Urquidez e Howard Hanson a qual veio a estender-se a nível Mundial, com representação na Europa através de Fred Royers e na Ásia representada por Shin Fujita; seguidamente dá-se o surgimento de vários organismos mundiais como a ISKA, PCK, IKL, WKL, WAKO, WKA, WFCA, WKN, WKC,WMAC.

Mais tarde dá-se a expansão do THAI FULL-CONTACT / Thai Boxing ou Muay Thai ao Ocidente, esta luta Tailandesa em FULL-CONTACT com origem bastante remota (cerca de 3.000 Anos), onde se permitia o uso de qualquer técnica sofre alterações no inicio dos Anos 30, onde são introduzidas novas regras e regulamentos similares ao Boxe, permitindo no entanto o uso de joelhadas, lowkicks e cotoveladas, na Europa foram pioneiros neste estilo de FULL-CONTACT: Ton Arison, Rob Kaman ... com origem na Holanda.

Na década de 80 surge o FULL-CONTACTc/ LOWKICKS (Kickboxing) numa adaptação feita no Japão às regras do Boxe Tailandês e desenvolvidas no Ocidente por acção de Bennny´ THE JET ` URQUIDEZ após o seu regresso do Japão onde combateu segundo essas regras com lutadores desse Pais.

Por último, à semelhança das lutas antigas praticadas por gladiadores e por influência de certos documentários cinematográficos sobre as Artes Marciais como o «The new Gladiatores deals» e o «Kings of the Square Ring» produzidos pelo famoso Elvis Presley (Cantor, Actor e praticante de Artes Marciais) onde atletas de grande renome de várias Artes Marciais e Desportos de Combate como Muhammad Ali (Boxe), António Inoki (Lutador) e Benny Urquidez (Full-contact / Artes Marciais) se defrontam no Ring em «NO RULES FULL-CONTACT», nos Anos 90 surge o ULTIMATE FULL-CONTACT, com a sua popularidade a dever-se essencialmente ao ULTIMATE FIGHTING CHAMPIONSHIPS no USA, ao PRIDE e PANCRASE no Japão e ao VALE TUDO no Brasil, aonde diversos lutadores de vários Estilos de Artes Marciais e Desportos de Combate de lutas em Pé em FULL-CONTACT se defrontam com Judocas / Jiu jitsu, Grapplers e Wrestlers ( Lutadores especializados em luta no chão), permitindo assim uma aproximação entre lutadores de todas as distâncias de combate ( Boxers, Kickers e Grapplers) e avaliar, aperfeiçoar cada estilo ao mais real, destacando-se neste estilo de luta, LUTADORES como: Bas Rutten, Masakatsu Funaki, Suzuki, Ken Shamrock, Família Gracie, Marco Ruas etc.


O Kickboxing surgiu no Japão na década de 60, através de lutadores japoneses de Karate que adquiriram conhecimento do Muay Thai (até então praticado na Tailândia), e perceberam a grande eficiência desta arte marcial. Contudo, os lutadores japoneses não suportavam a forma dura de treino, também devido às diferenças fisiológicas entre um povo e outro, e aliaram as técnicas de Karate e Muay Thai, retirando os golpes de joelho e cotovelo existentes no Muay Thai, surgindo assim o Kickboxing.

O Kickboxing chegou ao ocidente, designadamente aos E.U.A. Europa , em meados dos anos 70. E grande parte dos praticantes de Full Contact, e actualmente as mesmas entidades que desenvolvem o Full Contact trabalham igualmente o Kickboxing. Uma diferença clássica que se verifica entre os atletas genuínos do kickboxing, em relação aos atletas do Full Contact, é a posição da guarda e a distância de combate, não é regra, mas a guarda mais alta e fechada e uma distância menor comparativamente aos atletas de Full Contact, existindo a possibilidade de golpear as pernas, aplicar low kicks precisos nas pernas do adversário ao invés de golpear a parte superior do corpo do adversário, o low kick consome menos energia que as restantes técnicas convencionais de pernas; a guarda torna-se mais alta pois sendo os low kick’s uma técnica de media/curta distancia, a luta torna-se mais próxima sendo cada movimento menos previsível, logo mais eficaz.

Como se verifica o Kickboxing é recente, e não é mais do que a conjugação de diversas artes e estilos, destacando-se o Boxe Ocidental e o Muay Thai.





2.KICKBOXING

2.1 MUAY THAI

Foi com o objectivo de conservar sua independência e manter os inimigos fora de suas fronteiras que os Tailandeses criaram uma arte de combate denominada Muay Thai. O registo mais antigo sobre Muay Thai é do ano de 1560 que descreve a luta entre o Príncipe Tailandês Naresuon e o Herdeiro do Trono Birmanês, a luta durou algumas horas e terminou com a morte do Herdeiro do Trono da Birmânia, o que fez com que o seu povo, após perder o seu líder, suspendesse o ataque aos tailandeses.

O Muay Thai teve o seu ponto alto durante o reinado de Pra-Chao-Sua (início do século XVIII), que também era mestre nesta arte marcial. Conta-se que o rei, chamado "O Tigre", tinha o hábito de sair secretamente do Palácio para participar em torneios de luta, e para não ser reconhecido, usava uma máscara e, na grande maioria das vezes, vencia seus adversários.

Nesta época, o Muay Thai fazia parte da preparação para a formação militar e era ensinado em todas as escolas, não existiam categorias (definidas de acordo com peso), nem rounds. As lutas eram muito violentas, os lutadores lutavam descalços e sobre as mãos usavam cordas de cânhamo ou de tecido de algodão, e a protecção do baixo-ventre era feita com cascas de côco. Eram permitidos todos os tipos de técnicas de ataque, com as mãos, braços e pés, com pouquíssimas restrições. Para fortalecer os punhos e os pés, o treino incluía, entre outros, bater em troncos de palmeiras, correr longas distâncias e exercícios dentro da água, e a alimentação dos lutadores era basicamente vegetariana.

Após a Segunda Grande Guerra Mundial, o Muay Thai comportou grandes mudanças, principalmente nas regras, nomeadamente, começou a ser dividido por categorias de peso, a usar-se protecções para as mãos (luvas de boxe), e as lutas passaram a ser divididas por rounds.



3. ESCOLA SISTEMA NACIONAL DE KICKBOXING



3.1.FAIXA BRANCA



1) Guarda Esquerda E Direita

2) Defesa Abaixando E Levantando

3) Defesa Para Frente E Para Tras

4) Movimentação De Pernas

5) Esquiva

6) Parada P Dentro

7) Parada P Fora

2.ATAQUES DE MÃO

1) Jab

2) Direto

3) Cruzado

4) Hook

5) Uppercut

6) Costa De Mão

7) Giratorio

8) Swing

9) ATAQUES DE PERNAS

1) Chute Frontal

2) Chute Lateral

3) Chute Peito De Pé

4) Giratorio Lateral

5) Chute Gancho



3) Defesa

1) Bloqueio Alto

2) Bloqueio Médio

3) Bloqueio Baixo

4) Bloqueio De Canela



10) FUNDAMENTOS DE CHÃO

1) Rolamento De Frente

2) Rolamento De Costas

3) Queda De Frente

4) Queda Lateral



11) TECNICAS COMBINADAS

1) Chute Frontal E Soco Direto

2) Chute Frontal E JabChute Peito De Pe E Soco Direto

3) Chute Lateral E Soco Direto

4) Chute Giratorio Lateral E Soco Direto

12) Tecnicas De Absorçâo No Corpo E Pernas

13) Forma Hangetsu

14) KOTE KITAE

15) COMBATE

16) CHUTE ESQUERDO \ DIRETO

1-Panturrilha, 2 Coxa, 3 Lateral Do Corpo 4 Cabeça, o adversário repete lado direito



10) JAB DIRETO, chute direito 1 panturrillha 2 coxa 3 lateral do corpo 4 cabeça adversarop repete lado esquerdo.





3.2.FAIXA AZUL



1) DEFESA

3) Slipping

4) Weaving(Pendulo

5) Rockwai (João Bobo)



1.2 ESTRATEGIA

1) Recuar Socando

2) Saindo Girando



ATAQUES DE MÃO



1) Jab 2) Direto 3) Cruzado 4) Hook 5) Uppercut 6) Costa De Mão



7) Giratorio 8) Swing 9) Cotovelo



ATAQUES DE PERNAS

1) Chute Frontal

2) Chute Lateral

3) Chute Peito De Pé

4) Giratorio Lateral

5) Frontal Pulando

6) Lateral Pulando

7) Peito De Pe Pulando

8) Cobertura Para Fora

9) Cobertura Para Dentro

10) Cobertura Para Dentro Pulando

11) Cobertura Para Fora Pulando

12) Circular Para Fora

13) Circular Para Fora Pulando

14) Giratório

DEFESA

1) Bloqueio Alto

2) Bloqueio Medio

3) Bloqueio Baixo

4) Bloqueio Cruzado

5) Esquiva Esquerda Direita

6) Bloqueio De Chute Com A Canela

7) Duking

8) Gota Dágua

9)Defesa Para Dentro E Para Fora Com A Mão

FUNDAMENTOS DE LUTA CORPO A CORPO

1) Rolamento De Frente

2) Rolamento De Costas

3) Queda De Frente

4) Queda Lateral

5) Ataque No Pescoço De Frente

6) Ataque Na Com Pegada Na Gola

7) Ataque Com Gravata Por Tras

8) Pegada No Ombro

9) Abraço Por Tras Por Baixo Dos Braços

10)Ippon Seoi Nage

11)Osoto Gari

12)Harai Goshi



TECNICAS COMBINADAS

1)Chute Frontal E Soco Direto

2)Chute Frontal E Jab

3)Chute Peito De Pe E Soco Direto

4)Chute Lateral E Soco Direto

5)Chute Giratorio Lateral E Soco Direto

6) Cobertura Para Fora E Soco Direto

7) Cobertura Para Dentro E Jab

8) Circular Para Fora E Soco Direto

9) Jab E Chute Giratório

10) Chute Peito De Pe Esquerdo E Direito



TECNICAS DE ABSORÇÂO NO CORPO E PERNAS

FORMA HANGETSU KOTE KITAE



COMBATE combinado



1-Chute Esquerdo 2-Panturrilha, 3-Coxa, 4-Lateral Do Corpo 5-Cabeça, o adversário repete lado direito;

2)Jab direto, chute direito 1 panturrilhas 2 coxa 3 lateral do corpo 4 cabeça adversário repete lado esquerdo.



3) chute peito de pé esquerdo, direito nas coxas, na altura do corpo, na altura da cabeça, um ataque para um lado outro ataque para o outro

d) cruzado esquerda esquiva contra ataque , cruzado direito, cruzado alto esquiva , contra ataque cruzado baixo, jab direto repete





3.3.FAIXA AMARELA

1) Defesa

2) Esquivas

3) Ducking

4)Esquiva De Ashibarai

5)Rolling (Balistica)

6) Estrategia

7) Bloqueio Central

8) Clinching



ATAQUES DE MÃO



1)Jab 5) Costa De Mão

2)Direto 6) Giratorio

3)Cruzado 7) Swing

4)Hook 8)Uppercut



ATAQUES DE PERNAS

1) Chute Frontal

2) Chute Lateral

3) Chute Peito De Pé

4) Giratorio Lateral

5) Frontal Pulando

6) Lateral Pulando

7) Peito De Pe Pulando

8) Cobertura Para Fora

9) Cobertura Para Dentro

10) Cobertura Para Dentro Pulando

11) Cobertura Para Fora Pulando

12)Circular Para Fora

13) Circular Para Fora Pulando

14) Giratorio



FUNDAMENTOS DE LUTA CORPO A CORPO

1) Rolamento De Frente

2) Rolamento De Costas

3) Queda De Frente

5) Queda Lateral



15) Ataque No Pescoço De Frente

16)Ataque Na Com Pegada Na Gola

17)Ataque Com Gravata Por Tras

18)Pegada No Ombro

19)Abraço Por Tras Por Baixo Dos Braços

20)Tai Otoshi

21)Kata Guruma

22)Morote Gari

23)Sukui Nage Cadeirinha

24)Kesa Gatame

25)Kami Shiro Gatame

26)Yoko Shiro Gatame



TECNICAS COMBINADAS



1) Chute Frontal E Soco Direto

2) Chute Frontal E Jab

3) Chute Peito De Pe E Soco Direto

4) Chute Lateral E Soco Direto

5) Chute Giratorio Lateral E Soco Direto



TECNICAS DE ABSORÇÂO NO CORPO E PERNAS

FORMA HANGETSU, KOTE KITAE



COMBATE COMBINADO



1)ataque jab direto frontal, defesa esquiva gira contra ataque cruzado esquerdo direito;

2) ataque jab direto cruzado esquerdo chute direito altura de corpo, defesa com bloqueio contra ataque chute na coxa direto na barriga e chute na cabeça.

4) ataque jab direto cruzado barriga e cruzado na acabeça, defesa e contra ataque com giratório chute na coxa esquerda direita.





3.4.FAIXA VERDE



ATAQUES DE PERNAS ATAQUES ANTERIORES, EMBAIXO EM CIMA DE PEITO DE PE.

1) Circular Para Dentro

2) Embaixo Em Cima Para Fora

3) Ashibarai

4) Giratorio Por Cobertura

5) Chute Direto

6) Chute Peito De Pe Com Penetração

7) Giratorio Lateral PulandoTesoura

8) Chute No Chão



FUNDAMENTOS DE LUTA CORPO A CORPO

1) Passagem De Guarda

2) Com A Mão Por Dentro

3) Passagem Toreando

4) Passagem Com Joelho Por dentro

6) Passagem Cruzando O Joelho

7) Passagem De Meia Guarda





VARREDURAS, DIRETAS E INDIRETAS

1.Kata Juji Shime I, Ii, Iii

2.Juji Gatame I, Ii, Iii



TECNICAS COMBINADAS

1)Costa De Mão E Chute Gancho Alto Perna Da Frente

2) Soco Direto, Jab, Soco Giratorio E Chute Giratorio

3) Peito De Pé Baixo Com Perna Da Frente E Giratorio

5) 4 Hooks E Chute Giratorio Lateral Pulando

6) Bloqueio Mão Aberta Para Soco Direto E Chute Peito De Pé Com Perna Da Frente

7) Esquiva De Jab Com Chute Lateral Com Perna



TECNICAS DE ABSORÇÂO NO CORPO E PERNAS

FORMA HANGETSU KOTE KITAE



COMBATE COMBINADO

1)Ataque Na Coxa, Defesa Com Canela Contra Ataque Na Coxa, Esquerda Direita

2)Ataque Na Coxa Defesa Com Canela Contra Ataque No Corpo Esquerda Direita

3)Ataque Na Coxa Defesa Com Canela Contra Ataque Na Cabeça

4)Chute No Corpo Inversão De Defesa E Projeção E Imobilização

5)ataque jab direto frontal, defesa esquiva gira contra ataque cruzado esquerdo direito;

6) ataque jab direto cruzado esquerdo chute direito altura de corpo, defesa com bloqueio contra ataque chute na coxa direto na barriga e chute na cabeça.

7) ataque jab direto cruzado barriga e cruzado na acabeça, defesa e contra ataque com giratório chute na coxa esquerda direita.





3.5.FAIXA ROXA



ATAQUES DE PERNAS

A)ATAQUES ANTERIORES

B) RASTEIRA E GIRATORIO PULANDO

1) Salto Do Facão

2) Para Frente Com Os Dois Pes

3) Chute Abrindo

4)Chute De Lado Com Os Dois Pes

5Para Cima Com Os Dois Pes

6Para Dentro Com Os Dois Pes

7Embaixo De Frente Peito De Pe Pulando Para Cima

8De Costas Gira Pulando De Peito De Pé





FUNDAMENTOS DE LUTA CORPO A CORPO

a. Raspagem Tesourada

b. Raspagem Com A Mão Na Faixa

c. Raspagem Com Amão Por Dentro Da Perna

d. Balão

e. Ude Garami



TECNICAS COMBINADAS

1)Chute Lateral Baixo Perna De Tras E Peito De Pe Alto

2)Chute Lateral Baixo Perna De Tras E Chute Gancho Alto Chute Giratorio Lateral Perna De Tras E Chute Ganchoalto

3)Chute Giratorio Lateral Baixo E Peito De Pé Alto

4)Chute Gancho Alto Perna De Tras E Peito De Pe Alto

5)Chute Peito De Pe Baixo E Peito De Pe Alto Perna De Tras

6)Cobertura Para Fora Perna De Tras Com A Mesma Perna

7)Cobertura Para Dentro Perna De Tras E Chute Lateral Baixo Com A Mesma Perna.



TECNICAS DE ABSORÇÂO NO CORPO E PERNAS

FORMA HANGETSU

• Kote Kitae

COMBATE COMBINADO

1) Ataque Na Coxa, Defesa Com Canela Contra Ataque Na Coxa, Esquerda Direita

2) Ataque Na Coxa Defesa Com Canela Contra Ataque No Corpo Esquerda Direita

3) Ataque Na Coxa Defesa Com Canela Contra Ataque Na Cabeça

4) Chute No Corpo Inversão De Defesa E Projeção E Imobilização

5) Ataque jab direto frontal, defesa esquiva gira contra ataque cruzado esquerdo direito;

6) Ataque jab direto cruzado esquerdo chute direito altura de corpo, defesa com bloqueio contra ataque chute na coxa direto na barriga e chute na cabeça.

7) Ataque jab direto cruzado barriga e cruzado na acabeça, defesa e contra ataque com giratório chute na coxa esquerda direita.



3.6.FAIXA MARROM



ATAQUES DE PERNAS

A)Ataques Anteriores



FUNDAMENTOS DE LUTA CORPO A CORPO

1)Raspagem Tesourada

2) Raspagem Com A Mão Na Faixa

3)Raspagem Com Amão Por Dentro Da Perna

4)Balão



TECNICAS COMBINADAS

1)Chute Lateral Baixo Perna De Tras E Peito De Pe Alto

2)Chute Lateral Baixo Perna De Tras E Chute Gancho Alto Chute Giratorio Lateral Perna De Tras E Chute Gancho Alto

3)Chute Giratorio Lateral Baixo E Peito De Pé Alto

4)Chute Gancho Alto Perna De Tras E Peito De Pe Alto

5)Chute Peito De Pe Baixo E Peito De Pe Alto Perna De Tras

6)Cobertura Para Fora Perna De Tras Com A Mesma Perna

7)Cobertura Para Dentro Perna De Tras E Chute Lateral Baixo Com A Mesma Perna.



TECNICAS DE ABSORÇÂO NO CORPO E PERNAS

FORMA HANGETSU

• Kote Kitae





COMBATE COMBINADO

1) Ataque Na Coxa, Defesa Com Canela Contra Ataque Na Coxa, Esquerda Direita

2) Ataque Na Coxa Defesa Com Canela Contra Ataque No Corpo Esquerda Direita

3) Ataque Na Coxa Defesa Com Canela Contra Ataque Na Cabeça

4) Chute No Corpo Inversão De Defesa E Projeção E Imobilização

5) Ataque jab direto frontal, defesa esquiva gira contra ataque cruzado esquerdo direito;

6) Ataque jab direto cruzado esquerdo chute direito altura de corpo, defesa com bloqueio contra ataque chute na coxa direto na barriga e chute na cabeça.

8) Ataque jab direto cruzado barriga e cruzado na acabeça, defesa e contra ataque com giratório chute na coxa esquerda direita.

KARATE SHOTOKAN E A LINHAGEM SHOTORYU MARLEY MENDONÇA

APÓS PRATICAR O KARATE SHOTOKAN POR 35 ANOS, E AO APRENDER TECNICAS DO JUDO, JIUTISU, KICKBOXING, E KARATE DE COMBATE,  ACHEI QUE O MELHOR CAMINHO PARA A EFICIÊNCIA E EFICÁCIA DA ARTE KARATE SHOTOKAN SERIA INCORPORAR O MELHOR DE TODAS E ASSIM  NASCEU O KARATE SHOTORYU MARLEY MENDONÇA, HOJE COM MILHARES DE SEGUIDORES, OSS

KUMITE KARATE SHOTORYU MARLEY MENDONÇA

 KUMITE

• DEFINIÇÃO: O Kumite é o combate entre adversário, aspecto este que tem o desenvolvimento das técnicas de fundamentos ofensivos e defensivos com controle e deslocamento do corpo. O kumite tem o objetivo de vencer o adversario pode ser por nocaute ou shiai por pontos.



• KUMITE:

Combate / treinamento com o adversário.



A. EXPLICAÇÃO DOS PONTOS CHAVES DEVEM INCLUIR:



1. Operação correta / movimento de cada técnica.

2. MAAI ( distância efetiva ).

3. Oportunidade de tempo e distância de ataque e defesa.

4. Tática e Estratégia.

5. KI ( Forte Energia Mental ).

6. Cordialidade no Dojo/ Atitude de Respeito.



B. ETAPA DE TREINAMENTO



1. ETAPA DE PREPARAÇÃO

A) Estudar técnicas básicas ofensivas e defensivas.

B) Enfatizar controle ( sem contato com Kime ).

C) Estudar deslocamentos básicos.



• PRINCIPIANTES



Enfatiza-se os ataques e bloqueios defensivos e ofensivos, como o KIHON , SANBOM ( Ataque de três passos com adversário ).



• PRINCIPIANTES E INTERMEDIÁRIOS:

Desenvolve – se as técnicas com o adversário imóvel, enfatizando-se o tempo de reação de bloqueio e contra-ataque iniciando o trabalho sobre a distância do adversário através de movimentos do JIU– IPPON.

• Desenvolve técnicas básicas e entendimento do Maai com um ataque de técnica básica.

Ex: Jiu–Ippon Kumite (Ataque de Técnica Básica com um Adversário ).



• INTERMEDIÁRIOS E AVANÇADOS:

Movimentos ofensivos e defensivos ante a um adversário com movimentos e utilizando bloqueios. Movimento do corpo e contra – ataques. Desenvolve o tempo. ( JIU KUMITE E SHIAI KUMITE)

Ex: Treinamento semi – livre com o adversário.

• AVANÇADO:

Concentra no treinamento com adversário incorporando o estudo de todas técnicas, Maai, tempo e distância.

Ex: Jiyu Kumite ( combate livre ) e shiai kumite (combate esportivo).

• SHIAI KUMITE: LUTA POR PONTO



1) TÉCNICAS DE COMPETIÇÃO



A) Tática – É o movimento inteligente utilizado pelo lutador de forma natural.



• Durante o tempo de luta ocorrem várias situações, que exigem do lutador uma capacidade de decisão de ação e reação em um mínimo período de tempo que refletem um trabalho estruturado, planejado e desenvolvido.



• O movimento inteligente está ligado a capacidade de raciocínio do indivíduo, devendo ser prático, criativo e livre, capaz de responder as exigências das diferentes situações do Shiai – Kumite.



B) PARA QUE SERVE A TÁTICA?



• A tática serve para ordenar, desenvolver e criar esquemas de planejamento sólidos e coerentes de acordo com os fatores que determinam o comportamento do lutador ( atleta ).

• A tática tanto na luta quanto na equipe servem para apresentar melhores resultados adequados aos regulamentos e arbitragem que o técnico tem em suas mãos.



• Cada indivíduo tem sua forma de ser e fazer suas coisas, sua forma de crescer e compreender; e consequentemente de evoluir, estagnar ou regredir. Em outras palavras o treinador deve Ter um profundo conhecimento sobre seus atletas antes de aplica – lhe a tática de combate.



C) A IMPORTÂNCIA DOS ASPECTOS EMOCIONAIS, INTELECTUAIS E TÉCNICOS DO LUTADOR ( ATLETA )



• Os lutadores tem sentimentos, técnicas, pensamentos próprios e o ponto de partida para compreender a sua individualidade. É básico para o técnico a compreensão de toda a dimensão do lutador.



• Caso o técnico não compreenda a estrutura emocional, intelectual e psicotécnica do lutador haverá bloqueios na comunicação entre técnico – atleta e o resultado será prejudicado.







13 TIPOS DE LUTADORES



1) LUTADOR INTELECTUAL



O lutador intelectual não enfrenta abertamente o combata os adversários, utiliza uma série de movimentos para quebrar a concentração do adversário, trabalha na sua área de luta e espera quase sempre o erro do adversário para atacar e ganhar a luta. Tem uma forte inclinação para o trabalho defensivo.

Possui um grande domínio das grandes distâncias e dirige – se pela razão e inteligência.





2) LUTADOR EMOCIONAL



O lutador emocional é ofensivo, gosta de trabalhar no ataque, intimidando o adversário, invadindo a área forjando situações favoráveis até um momento der ataque.

Estes lutadores buscam as distâncias certas, com ataque do corpo, que costuma ganhar em período curto de tempo. São pessoas impulsivas e costumam lutar fortíssimo, e fazem a vontade do coração e conseguem grandes resultados técnicos.



3) LUTADOR FÍSICO



Os lutadores físicos são coordenados, tranqüilos, e polivalentes, quase movimentam – se soltos e naturais frente a qualquer situação que apresenta – se no combate. Trabalham no centro da área de luta onde desenvolvem as sua ações, nas distâncias médias, mas são capazes de lutar a qualquer distância.







































14 CONCLUSÃO



O técnico com conhecimento individual de cada atleta poderá preparar a sua tática de combate formando a sua equipe. E o resultado não pode ser diferente a vitória.

FUNDAMENTOS DO KARATE SHOTORYU MARLEY MENDONÇA

.DISCIPLINA MENTAL



ZAN – SHIN ( Estado de Reserva Espiritual )



O estado de alerta permite manter o espírito mais equilibrado, preparado para qualquer imprevisto. As vezes, numa luta real, derrota–se um adversário, mas podem existir outros atrás, pronto para um novo ataque.



KURAI ( Grau de Virtude )



É o nível de evolução do ser humano no sentido espiritual. Na Arte Marcial ( Budô ), deve – se buscar e criar, ao longo do treino, as seguintes qualidades: confiança, grandeza de espírito, coragem, lucidez, otimismo, humildade e honra.

Quando se pratica Karate, buscando entende – lo em alto nível, todas essas virtudes vão aparecendo naturalmente e se expressam de forma espontânea, na própria postura corporal. No âmbito das Artes Marciais, considera – se que um indivíduo atingiu o Grau Máximo de Evolução, quando alcançou total desligamento em relação as ambições vis, ao medo aos conflitos entre o bem e o mal, e, principalmente, em relação ao medo da vida e da morte. Esse nível só terá sido alcançado quando a pessoa for capaz de se manter num estado de grande paz e serenidade, compreendendo e subordinando à razão ao princípios da vida. Nesse estado, normalmente, a personalidade já não manifesta movimentos primitivos de agressão.



SUTEMI ( Desprendimento )



O sentimento de receio, insegurança, dúvidas prejudicam o desenvolvimento dos golpes, não permitindo que eles sejam dados na forma e no momento corretos. É preciso esvaziar – se de todos esses sentimentos para conseguir aplicar as técnicas com naturalidade e determinação. Convém, entretanto, estar atento para não agir com selvageria e acabar violando a verdadeira razão. A falsa coragem, que costumamos chamar de coragem selvagem, é o ímpeto criado pelos instintos e não constitui o verdadeiro estado de SUTEMI. São eles o impulso de autodestruição

( ações suicidas ) e os de completa liberdade ( ações artísticas ).

O estado de SUTEMI preserva os vínculos naturais existentes no universo, onde o verdadeiro desprendimento significa também distanciar – se desses aparentes desprendimento.




SAN – SATSUHO ( Estratégias )



Várias são as estratégias que se pode lançar mão e é importante atentar para elas.

a) Extrair a vontade de luta do adversário é a melhor maneira de enfrentá – lo com toda a segurança: o adversário tornar – se – á medroso, confuso e inseguro.

b) Dominar tecnicamente o adversário, assumindo a liderança na situação de luta. Pressentir o ataque e anular o golpe antecipadamente.

c) Criar situações de desvantagem para o adversário, por meio de toques em seus mãos e pernas, mudança na distância, direção e ângulo de combate; com o domínio físico, desequilibrar o oponente, anular sua intenção e seu ânimo. Unir toda a técnica e toda sua energia mental para conseguir o domínio da situação.



SHU ( Defesa) HA ( Ruptura ) RI ( Expansão )

a) SHU- No primeiro estágio, há um processo rápido e especulativo, porque tem tudo para aprender. O aluno imita tudo, as qualidades e os defeitos de quem ensina, sem poder distinguir uma coisa da outra, aprende tudo “furiosamente” com o espírito encoberto pela técnica. Há uma impressão de que está fazendo tudo certo.



b) HA- No segundo estágio, há uma adaptação a um molde, uma maneira onde o praticante se sente bem, com se descobrisse uma segunda natureza. Nesta fase, sente-se confortável nas técnicas enfim assimiladas sente-se o progresso, mas não consegue-se ver o que falta para aprender. Há o domínio das técnicas e o mestre fica satisfeito com o discípulo. Há uma execução perfeita, mas já se tem a consciência das possíveis falhas e da relatividade de tudo o que é executado. A passagem para o próximo estágio é quando se inicia a fase interior da Kata. É quando consegue-se visualizar nitidamente, perfeitamente, os adversários imaginários.



c) RI- Após a fase do Shu e do Ha, o aluno chega ao do Ri. Este estágio consiste na busca profunda de suas potencialidades; nele já não se pode mais contar, como antes, com o vigor físico ou com a esperteza mental superficial. O praticante sente a necessidades mais profundas que antes estavam adormecidas dentro dele, e consegue despertar suas próprias potencialidades para o caminho da razão. É um verdadeiro renascimento do estilo, de acordo com a natureza universal e é aí que as verdadeiras intuições surgirão, para o seu enriquecimento como ser humano.



HEIJO – SHIN ( Naturalidade )

É normal, a todo ser humano sensível, ficar nervoso ao enfrentar uma situação anormal, mas quanto mais nervoso se fica, mais falhas se cometem; é comum até que o transtorno torne a pessoa incapaz de destinguir o certo do errado falhando nas decisões que toma. O Karate é uma modalidade de luta que solicita muito o trabalho de equilíbrio mental, pois o nervosismo prejudica o desempenho. Convém habituar – se a manter o espírito de serenidade e confiança. As naturais dificuldades para atingir esse estado devem ser encaradas como motivação para reiniciar o treinamento. Esse procedimento deve estar sempre presente.



SHI – SHIN ( Aprisionamento ) e HO – SHIN ( Liberdade Mental)

A água corrente é mais limpa que a água parada que apodrece. O mesmo acontece com o nosso cérebro: seu uso constante, adequadamente estimulado, nos permite mantê–lo sempre em condições ótimas de funcionamento. Se, para aplicar o golpe, o lutador tiver de fixar a mente nessa idéia, sua ação artificial e imperfeita, porque sua mente estará com que “ aprisionada” num ponto. Para que isso não aconteça, deve – se repetir um série de vezes o movimento, até que ele saia automaticamente; assim se consegue agir com a mente livre. Em situação de luta deve – se enfrentar o adversário observando – o de maneira global e, ao mesmo tempo, olhar pequenos detalhes, para perceber suas intenções de maneira mais aguçada. Quando a mente fica demasiadamente preocupada com o determinado golpe forte do adversário o lutador perde o reflexo instantâneo; normalmente, contar com a reação ocular ( estímulo – resposta ) demora mais do que o golpe do adversário cuidado com a distração e com o “ aprisionamento” da mente! Elas causam a perda de controle do corpo, mas não se prenda também à idéia de não se aprisionar; procure manter o espírito forte e fluente, como água corrente. Todas as técnicas e os golpes empregados devem fluir naturalmente da capacidade que o lutador tenha de mentalizar toda a situação e agir automaticamente, sem deter na análise dos fatos nem nas possíveis intenções do adversário, visando a busca do estado de naturalidade ( HEIJO – SHIN ).



MUNEN ( Extremo Vazio na Extensão ) MUSSÔ ( Extremo Vazio do Pensamento )

As Artes Marciais insistem num grande vazio como estado ideal para alcançar uma grande paz. Mesmo os Samurais insistiam nesse extremo vazio como forma ideal de luta: esvaziar – se das ambições, das ansiedades pela vitória ou pela derrota, dos fantasmas do passado e do futuro e até mesmo das preocupações com a vida e com a morte. Quando se atingir o estado de vazio, brotará do interior um nova energia que se manifestará sob a forma de disposição, de criatividade em novas técnicas de intuição. Com isso, será possível enfrentar e solucionar os problemas da melhor forma.

As palavras meikyo ( espelho limpo ) e shissui ( água limpa ) expressam também esse estado mental de completo vazio, de ausência de preocupações. Esse estado é muito difícil de ser atingido, pois só o fato de pensar nele ou concientizar – se dele já o anula e traz o “aprisionamento”. O importante é buscá – lo constantemente, esforçar – se para alcançá – lo e chegar naturalmente ao nível desejado. Também é muito importante o treinamento intenso e diário, expor – se ao meio ambiente e sempre conservar o espírito de luta para, assim, alcançar esse estado.



KEN – TAI – ICHI ( Conjunto de Defesa e Ataque )

Todo lutador, deve enfrentar o adversário, deve conservar seu espírito bem forte e mostrar disposição de ataque. Entretanto, preocupar – se somente em atacar pode dar origem a precipitação e excesso de movimentação, com eventuais falhas de contra – ataque. Os atletas que lutam defensivamente, devem tomar cuidado para não perder seu espírito de iniciativa e acabar sendo surpreendido.



METSUKE ( Como Olhar e Observar )

Ken e Kan – Ken significam olhar o corpo todo do oponente mentalizar que, com um único golpe, se irá derrotá – lo. Kan é observar, visualmente, o estado psicológico do oponente, ou seja, seu estado espiritual.

Shin – Gan - Olhar com o coração. Os samurais orientavam e incentivavam o cultivo desse olhar, com intuito de desenvolver a verdadeira compreensão da situação.

Enzan – No – Metsuke – Olhar uma montanha como um todo. Assim, não importa se o adversário é grande, alto, ou se estar a curta distância; é preciso olhar seu corpo como um só conjunto e, ao mesmo tempo observar pequenos detalhes que possam transmitir as reais intenções do adversário. Dessa forma, se chegará naturalmente a solução do problema. Observar Shin – Gan ( Olhos do Coração ) quando se estiver na fase de estudo, enfrentar com o Kan ( Olhar o Conteúdo Psicológico ) e, na hora de aplicar o golpe forte, utilizar o Ken para olhar todo o corpo, seus objetivos reais. Depois de aplicado o golpe, deve – se retornar ao Kan para se manter em estado de Zanshin ( reserva ).



KYO ( Falha ) JITSU ( Oportunidade ou Maturidade )

Na Arte Marcial com Budô ( filosofia ), o atacante deve estar no estado de Jitsu ( técnica oportuna ) e aplicar o golpe quando seu oponente estiver no estado de falha ( Kyo físico – mental ). Assim, uma pessoa mais fraca encontrará uma chance de derrotar um oponente mais forte. Deve – se evitar o choque quando ambos estão no estado de Jitsu, pois o desgaste de ambos será maior e a eficiência menor. No início do ataque, é preciso carregar ao máximo a disposição e a determinação; o grito ( KIAI ) auxilia ainda mais na eficiência. Assim, é possível através das técnicas tirar o ânimo do adversário, colocando – o em estado de Kyo mental; também é possível desequilibrá – lo ( Kyo Físico ) ou fazer que ele esgote toda a sua seqüência de ataque ( Kyo Natural ).





KAMAE ( Base )

Kamae é a fase de estudo no instante em que se enfrenta o adversário. Kamae pode ser considerado castelo de proteção. A base ideal que o lutador vai escolher para o confronto vai depender do adversário. Uma fortaleza ou um castelo sem soldado não tem valor nenhum, assim como o Kamae sem maturidade espiritual de luta é inútil. Sua base deve possuir influência e liberdade total para executar os movimentos.



MEIKIO ( Espelho Limpo ) SHISSUI ( Água Limpa )

É um estado de alívio em relação as preocupações. Qualquer pessoa almeja uma vitória rápida e fácil, mas vencer de alguém não é fácil. Normalmente quem é precipitado perde a chance da vitória e pode ser derrotado. Quem conseguir limpar o seu espírito e deixa – lo como espelho limpo, perceberá nitidamente a intenção do oponente e o momento exato em que surge uma oportunidade. Quando aparece ambições e vaidade, as chances se afastam; não existindo mas no coração um espelho, esse ficará escuro e se tornará embaçado, não conseguindo refletir a situação. O lutador não pode mais ver nitidamente a imagem ou verdadeira razão. Executando treinamentos corretos, limpa – se o “espelho do coração” trazendo luz para iluminar as reais oportunidades que a razão oferece.



FUDOSHIN ( Estado Inabalável )

É importante, quando surge algum imprevisto na vida, manter o estado do Fudoshin. Mesmo que as condições do momento estejam pouco favoráveis, sejam quais forem as circunstâncias, é preciso conservar uma forte determinação de conduta. Nessas horas mais difíceis, é muito possuir algo que sustente a crença e a força interior. É imprescindível acreditar no autocontrole, principalmente nos grandes momentos de tristeza e depressão nos momentos em que nada pareça dar certo, sem cair em descontrole emocional.



MITSU – NO – KOKI ( Três Chances )

Na Arte Marcial deve estar em estado de Jitsu (técnica oportuna ) e o adversário em estado de Kyo ( falha ). O primeiro Kyo surge quando o adversário inicia p movimento de ataque. Se o lutador estiver em estado de Jitsu, achará a chance para o ataque no instante anterior ao início do movimento do adversário. O segundo Kyo, que é o outro tipo de oportunidade, surge quando o lutador consegue se defender bem do ataque do adversário e, no meio do movimento, aparece uma chance para aplicar o golpe. O terceiro Kyo, surge quando o adversário termina seu ataque ou quando ele se desgasta, esgotando todas as suas seqüências; esta é uma grande chance de aplicar o golpe desde que esteja em Jitsu.

Kyo Mental: Medo, indecisão, distração etc.

Kyo Físico: Desequilíbrio antes e depois do ataque.



SEN – NO - SEN ( Antecipação ), TAI – NO – SEN ( Choque ), GO – NO – SEN ( Contra – Ataque Posterior )


SEN – NO – SEN : Para o praticante de Artes Marciais japonesas, é muito importante adquirir a percepção antecipada de uma dada situação; prevenir ou perceber a intenção do atacante, antes mesmo que ele realize qualquer ação de ataque e, então, reagir de forma mais adequada possível. Este é considerado o estado ideal, na Arte Marcial, pois antecipar situações sempre trouxe vantagens indiscutíveis tanto na luta como na vida social ( ação em um tempo ).



TAI – NO – SEN: É um trabalho de alta técnica que envolve uma reação motora. TAI significa esperar a intenção do adversário, aproveitar o momento da ação, “ sugar” a sua força e contra- atacar. Tal como um surfista, que aproveita a onda para subir, o praticante de Karate utiliza força do adversário para vencê-lo (ação em tempo e meio).



SHIN (Mente), KI (Energia), RYOKU (Corpo)

É a ação conjunta dos três elementos: mente, energia e corpo, que é o ideal para a arte marcial.



SHIN é um estado maduro da percepção, do raciocínio e da intuição, no que diz respeito ao movimento ou à intenção do adversário.

KI é a energia resultante do estado de determinação do Shin, que pode ser representada pela força de vontade, pela disposição, pela intenção ou pela determinação. É comum manifestar esta energia sob três aspectos: Kiai ( união da energia Ki) Ki-ryoku (força da energia Ki) e Ki-sei (fluência da energia ki).

RYOKU representa a força do corpo em conjunto com sua eficiência técnica. Todo treinamento deve visar á união entre os três elementos (mente, energia, corpo), pois só assim será possível alcançar um alto nível. Em geral , há no Ocidente uma preocupação maior com a evolução do ryoku, ou seja, prioriza - se o desenvolvimento da parte muscular. As limitações físicas que surgem com avanço da idade é a causa de muitos abandonarem o Karate no meio do caminho.

Um treinamento de Karate que vise somente à evolução física e técnica, desprezando a evolução espiritual, é distorcido e leva o indivíduo a agir de forma violenta, com conseqüência negativa para ele e para sociedade.

Também não se deve visar apenas à evolução espiritual, pois a ineficiência técnica e física enfraquece a essência do Karate, que consiste em derrubar o adversário com único golpe. Para buscar um verdadeiro estado de paz, deve-se treinar o espírito e a técnica em conjunto.




KIAI (GRITO)



DEFINIÇÃO: Uma espécie de grito especial não modulado, emitido seja para reanimar um homem em estado de morte aparente, ou seja subjugar e submeter um adversário ou fazê-lo cair em síncope.



KIAI: Significa literalmente união dos espíritos.

KI: Espirito

AI: Contração do verbo Awazu: unir.



TÉCNICAS DE RESPIRAÇÃO



A respiração correta permite uma melhor oxigenação do cérebro e com isto uma clareza e tranqüilidade nas reações e ações

a) As técnicas de lutas do Karate devem estar sincronizadas e harmonizadas com a respiração.

b) Basicamente, deve se inspirar na defesa e expirar nos golpes que exigem kime(contração final)

c) As seqüências de golpes devem ser realizadas em apenas um ciclo de respiração.

d) Para cada tipo de golpe é preciso aprender e adequar os diversos ritmos de respiração:

a) Inspiração longa e expiração curta.

b) Inspiração curta e expiração longa.

c) Inspiração longa e expiração longa

d) Inspiração curta e expiração curta

e) Tanto na respiração longa quanto na curta, o volume de ar armazenado na inspiração deve ser máximo e, na expiração deve se evitar o esvaziamento total do ar, sempre reservando 20% deste; se houver a eliminação total do ar, o corpo fica em estado de kyo e não consegue resistir nem reagir convenientemente a um ataque.







KATA

SHIKATA



SHIKATA é uma das palavras mais usadas no idioma japonês. Significa “a maneira de fazer as coisas”, com ênfase no processo. SHI significa “apoiar, servir”, KATA significa “forma”. Alguns dos usos de Kata são Yomikata ou “maneira de ler”, Tabe Kata ao “maneira de comer”, Kaki Kata ou “maneira de escrever”, Kangue Kata ou “maneira de pensar”. Em toda cultura japonesa existe kataização.

Dentro da cultura japonesa, o conceito de Shikata incorpora as leis da física e espirituais do cosmo. Refere-se a maneira como se espera que a coisa seja feita, tanto na forma como na ordem, e como expressão de manutenção da harmonia, na sociedade e no universo. Desde o início de sua história, os japoneses desenvolveram a crença de que a forma tem uma realidade própria e que, muitas vezes, tem precedência sobre a substância. Eles acreditam que qualquer coisa pode ser alcançada, se devida kata for praticada mental e fisicamente, pelo tempo suficiente.

As Artes Marciais exerceram uma extraordinária influência sobre a criação e preservação da cultura da kata no Japão. O Karatê tem a sua estrutura fundamentada na kata; que além de ensinar os movimentos básicos, a kata tem por objetivo condicionar a mente e o corpo do praticante para todos os momentos de sua vida. Ele assimila o controle das emoções, adquire autoconfiança, um espírito forte, o respeito pelos demais, uma etiqueta sofisticada, além de um alto disciplinado controle do corpo por submetê-lo a movimentos estruturados e executados em alta velocidade.



A KATA



A Kata é onde o praticante adquire a forma plástica do Karatê-Do; para os principiantes escolhe-se Katas básicos, onde é orientado a cada movimento enfatizando –se o equilíbrio e tempo.

Com o desenvolvimento o treinador deverá selecionar uma Kata adequada para cada aluno, de acordo com o seu tamanho, estrutura física e personalidade, visando competição. O treinamento deve enfatizar as técnicas separadamente, em cada transição deve ser orientado de acordo com o tempo e a seqüência técnica, resultante das características especiais de cada Kata.

Para os praticantes avançados o domínio de todos a Katas de seu estilo o ajudará na busca de seu equilíbrio e de sua harmonia com o universo.


KATA

Nome atual do Kata /nome antigo Kanjii Significado(tradução)/comentários

Heian-shodan/ Piñan-shodan
"Paz (Hei)e tranquilidade(an)" /kata básico, desenvolvido para treinamento e aperfeiçoamento de técnicas básicaS.

Heian-nidan

"Paz (Hei)e tranquilidade(an)"

Heian-sandan
"Paz (Hei)e tranquilidade(an)"

Heian-yondan



"Paz (Hei)e tranquilidade(an)"

Heian-godan

"Paz (Hei)e tranquilidade(an)"


Tekki-Shodan/ Naihanchi

"Cavaleiro de ferro" (tetsu=ferro, Ki=cavaleiro) Kata básico desenvolvido para fortalecimento de base. Aprimora a capacidade de gerar força em golpes na base kibadachi. Referência à força que deve possuir o karateka na base, nos golpes e no espírito (concentração).

Tekki-nidan

"Cavaleiro de ferro"

Tekki-sandan

"Cavaleiro de ferro"


Bassai - dai/ Passai

"Atravessar a fortaleza" -

Bassai-sho

"Atravessar a fortaleza" -


Kanku-dai/ Kushanku

"Conteplando o sol" - (Kan=olhar,ku=nada,vazio, céu)/ Junto com as técnicas do Bassai-dai constitui os kata mais característicos do Shotokan treina a superação que o karateka tem que fazer dos seus próprios limites para conseguir vencer mais de 8 adversários, é o maior kata shotokan.Busca desenvolver a compreensão de Kyo - falha mental e física e jutsu - alerta.

Kanku-sho

"Conteplando sol"


Jiin

, "Na sombra da bondade" (ji=amor universal, delicado, gentil, in=sombra)

Jion

"Gratidão e piedade", nome de templo budista (ji=amor universal, delicado, gentil; on=amor, benevolência, bondade)/ kata onde se demonstra maturidade e equilíbrio espiritual na aplicação dos movimentos, diferencia do Bassai e Kanku onde se demonstra grande força física e espiritual.


Jutte(jitte)

"dez mãos"(ju-dez,te=mão)/ técnicas contra ataques de bastão.


Meikyo/Lorei

"espelho limpo" (mei=claro,kyo=espelho)


Nijushiho/ Niseishi

"vinte e quatro movimentos" /trreina alternância de força seguida de suavidade, velocidade seguida de lentidão.


Sochin

"paz inabalável" (so=robusto, vigor, enérgico, chin=suprimir, ficar calmo),"criando raizes"


Gojushiho-dai/ Ouseishi

"54 movimentos"

Gojushiho-sho

"54 movimentos"


Hanguetsu/ Seisan

"meia-lua" (han=metade, meio, guetsu=lua)/trabalha técnicas de respiração Ibuki lenta e movimentos em meia lua.

Gankaku/Chinto

"Grou sobre a rocha" (gan=rocha, kaku=a garça sobre)


Enpi/Wanshu

"O vôo das andorinhas" (en=pássaro, pi=vôo)


Chinte

"técnicas estranhas", "mãos estranhas" (chin=estranho, esquisito, te=mão)/ treina técnicas de mão


Unsu

"nuvem e mãos"(un=nuvem, su=mão)/destinado a karatekas de alto nível, seu domínio indica que o karateka está preparado para qualquer tipo de acontecimento.


Wankan/ Matsukase

"coroação do rei"(wan=rei, Kan=corvo)



11.1 KATA SHOTORYU –MOVIMENTOS E KIAI



HEIANS ( PAZ E TRANQÜILIDADE )

Tem por objetivo principais o aperfeiçoamento das bases ( zenkutsu – dachi, kokutsu – dachi, kiba – dachi, etc. ), a transição ( ritmo, tempo e deslocamento ) e a aprendizagem dos princípios do soco e do chute.

• Heian Shodan = 21 movimentos ; Kiai ( 9’ e 17’ )

• Heian Nidan = 26 movimentos; kiai ( 11’ e 26’ )

• Heian Sandan = 20 movimentos; kiai ( 10’ e 20’ )

• Heian Yondan = 27 movimentos; kiai ( 13’ e 25’ )

• Heian Godan = 23 movimentos; kiai ( 12’ e 19’ )

TEKKI ( CAVALO DE FERRO )

Objetivos iguais aos Heians ( kata para aperfeiçoamento de base )

• Tekki Shodan = 29 movimentos; kiai ( 15’ e 29’ )

• Tekki Nidan = 24 movimentos; kiai ( 16’ e 24’ )

• Tekki Sandan = 36 movimentos; kiai ( 16’ e 36’ )

BASSAI – DAI ( ROMPER FORTALEZA )

42 movimentos; kiai ( 19’ e 42’ )

• Características: Criar energia para romper barreiras ( forças de espírito e poder ).

• Objetivo: Treino para desenvolver potência e transformar uma situação desfavorável em favorável.

• Ponto Mais Importante: Troca defesa ( defesa dupla ), kekomi, yama - zuki – uchi – uke, outro ( 2’ para 3’: 4’;33’; 35’; 37’; 38’; e 39’ ).

KANKU – DAI ( CONTEMPLAR O UNIVERSO )

65 movimentos; kiai ( 15’ e 65’ )

• Características: Capacidade de transformar a si próprio par superar mais de 8 adversários, compreender kyo ( falha mental ou física ) e jitsu ( estado de alerta ).

• Objetivos: Rápido, rotação e deslocamento do corpo, força e suavidade, expansão e compreensão do corpo, salto e projeção ao solo.

• Pontos Mais Importantes: Chutes, rápida virada, defesas laterais ( jodan, guedan ), estudo de kamae, rápida virada com joelhada e soco duplo, chute duplo no ar ( nidan – gueri ), outros ( 18’; 23’; 42’; 43’; e 45’ )

JITTE ( DEZ MÃOS )

24 movimentos; kiai ( 13’ e 24’ )

• Características: Defesa e contra – ataque contra bastão, espírito inabalável, força de impacto e grande potência.

• Objetivos: Aprender a dinâmica dos quadris e séries de defesa contra bastão.


• Pontos Mais Importantes: Defesa de imobilização com o pulso, expressão de kamae ( yamagamae ), yori – achi com kiba – dachi, jodan, uchi – komi, outros ( 1’; 7’; 9’ para 10’, conjugação de 11’; 12’; 13’; 16’; 17’ e 18’).

HANGUETSU ( MEIA – LUA )

41 movimentos, kiai ( 11’ e 40’ )

• Características: Respiração com movimentos do corpo e deslocamentos em meia – lua.

• Objetivo: Estudo do deslocamento em meia – lua e respiração rápida lenta, aplicação dos movimentos do corpo e membros em sintonia.

• Ponto Mais Importante: ( 1’ e 5’ ) estudo de deslocamento em hanguetsu, ( 11’; 12’; 13’; 14’; 15’ e 16’ ) simultânea de chudan e gedan, e o uso de mãos para defesa pessoal, ( 26’; 32’ e 38’ ) circundação de perna e braço, de forma lenta e alta ( 27’; 28’; 33’;34’ e 39’) suriashi com pernas cruzadas, mae – geri keague em conjunto com hikite por cima do ombro.

EMPI ( VÔO DA ANDORINHA )

37 movimentos; kiai ( 15’ e 36’ )

• Características: Simboliza leveza, como andorinha, dinâmica do corpo em formas alta e baixa, mudança de direção em forma rotativa.

• Objetivos: leveza, rapidez, e agilidade, ague – zuki, em seguida tobi komi – zuki e rápida mudança de direção.

• Pontos Mais Importantes: ( 6’; 7’; 11’; 12’; 27’ e 28’ ) rápida mudança de direção com rotação do corpo, ( 14’ e 16’ ) técnicas de sasoi ( finta ), ( 36’ ) salto com rotação do corpo em direção inversa.

GANKAKU ( GARÇA SOBRE ROCHA

42 movimentos; kiai ( 28’ e 42’ ))

• Características: Equilíbrio sobre uma perna, como uma garça sobre um penhasco, encarando um adversário ( presença de forte estado de espírito num conflito de vida ou morte ).

• Objetivos: Defesa, plano lateral, kakiwake, expressão mental ( de garça sobre rocha ).

• Pontos Mais Importantes: Defesa ( 12’; 13’; 19’ e 30’), kakiware ( 25’; 29’ e 30’ ), ganjô – no tsuru.

JION ( GRATIDÃO E PIEDADE )

47 movimentos; kiai ( 17’ e 47’ )

• Características: Maturidade, como Buda, movimentos tranqüilos; é uma energia do espírito contida como uma brasa ( fogo interno ), essência do avanço com rotação em movimentos de oportunidade.

• Objetivos: Exercícios de avanço com rotação, giro do corpo e yori – achi.

• Pontos Mais Importantes: ( 18’; 26’; 38’ e 46’ ) giro do corpo; ( 31’; 32’; 33’ e 34’ ) seqüências de defesas ( jodan, guedan ); (19’; 21’ e 47’ ) yori–achi.

NIJUSHIHO ( 24 PASSOS )

34 movimentos; kiai ( 18’ e 33’ )

• Características: Há duas grandes características – fluência como correnteza de água e explosão seguida de força, suavidade e alternância de velocidade ( lento e rápido ).

• Objetivos: ( 1’ e 3’ ) trabalho fluente que expressa correnteza de água, principalmente no 1’, ajustar a velocidade do adversário, desviando esta energia; no 2’ movimento realizar uma explosão e no 3’ aproveitar essa energia de explosão transformando – a em energia de compreensão.

• Pontos Mais Importantes: Aplicação do movimento haishu – uke, único kata que apresenta esse movimento ( 21’, 25’ e 28’ ); prestar muita atenção nas trajetórias de cada defesa.

CHINTE ( TÉCNICAS ESTRANHAS OU MÃOS ESTRANHAS )

32 movimentos; kiai( 28’ e 32’ )

• Características: Há um ensinamento específico desse kata – mesmo quem tem um corpo frágil consegue defender – se contra um adversário mais forte, expressão das ondas do mar ( representando serenidade e tranqüilidade das águas ao retornar da praia ao mar ) ou expressão da natureza contrastando ação e calmaria.

• Objetivos: Mudança de sochim – dachi para zenkutsu – dachi e guiaku – zuki em forma de tate – ken; ataque nos olhos com nihon nukite de forma ague – zuki, tangenciando corpo nasal, e eficiente técnica de defesa pessoal.

• Pontos Mais Importantes: ( 32’ ) recuar com suriashi, que representa o recuo das ondas marítimas sobre a areia ( serenidade ).

UNSU ( NUVENS E MÃOS )

48 movimentos; kiai ( 36’ e 48’ )

• Características: Capacidade de reagir a qualquer tipo de acontecimento. Destina –se a karatecas de alto nível, principalmente aqueles que dominam com todos os 15 katas básicos.

• Objetivos: Principalmente desenvolver velocidade e agilidade, domínio das três essências do kata ( alternância de velocidade, domínio de força e suavidade e compreensão do corpo ).

• Pontos Mais Importantes: Agachamento do corpo com mae – gueri – kekomi, contra – ataque contra dois adversários simultâneos; chutes de mika – zuki ( lua – nova ) logo após salto de 360º graus seguido de ushiro – gueri.

SOCHIN ( FORTALEZA INABALÁVEL )

41 movimentos; kiai ( 30’ e 41’ )

• Características: É uma expressão de energia como um vendaval, domínio caracterizado pelo sochim – dachi e domínio de estabilidade, soma de zenkutsu – dachi com kiba – dachi (zenkutsu – dachi é forte frontalmente); contração silenciosa e gradativa dos músculos e ao mesmo tempo explosão e rápida contração; domínio da sochim – dachi, principalmente com forte expansão do joelho, como arco e flecha.

• Pontos Mais Importantes: ( 27’ a 30’ ) domínio de nikite com palma da mão voltada para cima seguido de mae – gueri, esquerda e direita, ura – zuki, esquerda e direita.

WANKAN (COROA DE REI )

24 movimentos; kiai ( 24’ )

• Características: Explorar o kyo do adversário; esse kata tem pouco número de bases e movimentos discretos, portanto é considerado kata de muita dificuldade para expressar as três essências do kata.

• Pontos Mais Importantes: ( 6’ e 10’ ) guiaku tate – shuto – uke; ( 24’ ) técnicas de yama – zuki, contra – ataque guedan e chudan, portanto devem – se treinar técnicas de mergulho.

GOJUSHIRO – SHO

65 movimentos; kiai ( 57’ e 64’ )

• Características: Transformação de Gujushiho – Dai, kata que representa sua mão em uma espada, aplica – se defesa segura conjugada com eficiente contra – ataque; kata cujo treino é recomendado para aquele que domina as técnicas de Karate com maturidade.

• Ponto Mais Importante: Defesa com shuto guedan – barai em conjunto com migi haichu chudan osae, seqüência de três contra – ataques utilizando yon – hon nukite, ataque shuto – uchi em forma de rotação sem movimento do cotovelo e defesa em conjunto com os dois braços, seguido de ataque duplo na altura da clavícula ( seiritô ou espada chinesa ).

GOJUSHIHO – DAÍ (MAÕS ESPALMADAS)

67 movimentos; kiai ( 59’ e 66’ )

• Características: Exige movimentação harmoniosa utilizando a energia do solo em neko – ashi, portanto exige muito equilíbrio e giro do corpo, domínio de keitô – uke ( cabeça de galo) e contra - ataque utilizando – se da energia do corpo em deslocamento e de cima para baixo. Considerando – se kata avançado, exige alto domínio e qualidade técnica.

• Pontos mais Importantes: Deai com mawashi – uraken, defesa com tateshuto ( ombro ou braço ). Sukui – uke contra mae – gueri e defesa com hipon nukite logo em seguida, com a utilização da mola do cotovelo, bloqueio contra agarramento pelas costas, defesa dupla (simultânea) em keito – uke e contra – ataque em hipon nukite.



MEYKIO ( ESPELHO LIMPO ou CLARO )

33 movimentos; kiai

• Características: Defesa contra bastão e salto triangular, que é considerada técnica lendária ( sankaku – tobi ). São extraídas todas as bases do kata Heians, exigindo como espelho limpo o estado de serenidade, transforma estado de desvantagem em vantagem; para domínio deste kata exige –se alto domínio técnico.

• Pontos Mais Importantes: Domínio de defesa com palma da mão aberta ( dupla ), estudo da mudança de centro de gravidade ( exemplo: base kokutsu para fudo – dachi, assim equilibrando o ataque do bastão

KANKU – SHO

48 movimentos;Kiai ( 6’ e 48’ )

Kan significa compreender algo mais como um artista, kuu, kara ou vazio pode significar o Universo. Dai significa grande e Sho significa pequeno, mas é possível interpretar uma dualidade, mundo exterior e mundo interior.

• Características: Aprender defesa, contra – ataque de bastão e agarramentos como defesa pessoal; estudo de como imobilizar o adversário e puxar.

• Pontos Mais Importantes: 7’ base, segurar o pulso do oponente com a mão esquerda e puxar com força de tandem, mas no kata simboliza – se com o próprio pulso direito com a mão esquerda puxando e puxando com tandem. 4’ base, após oizuki: escapar do oponente que segurou seu pulso direito; nesse instante não deve recolher puxando e sim escapar com a rotação do pulso para o lado externo, empurrando para fora. O 5’ base é igual.

BASSAI – SHO

27 movimentos; kiai ( 17’ e 22’ )

O significado é igual ao Bassai – Dai, porém Sho poderá significar que existem técnicas escondidas em relação ao Dai.



• Características: Defesa contra bastão, ura – zuki ( soco sem rotação ), nusumi – ashi, furtar distância com um tiro de passada.

• Pontos Mais Importantes: 2’ e 4’, bases, irimi – bô – uke, defesa contra bastão com avanço de corpo. 16’ base, defesa de soco tyodan com a mão esquerda com guyaku – hammi e a mão direita, engachar e puxar com tandem até chudan em seguida. 17’, aplicar yoko - kekomi, puxando até o lado direito do peito e kiai. 20’; 23’; 24’ e 25’, bases de defesa com a mão direita com agarramento, seguida de gancho com a mão esquerda, puxar com tandem realizando uma alavanca de imobilização. 27’, passo furtado para facilitar uma defesa, em seguida aplicar alavanca de imobilização.

KARATE JITSU SHOTORYU MARLEY MENDONÇA





06. ARTE MARCIAL JITSUS SHOTORYU KARATE–DO



OS CONHECIMENTOS MÍNIMOS DE CADA FAIXA

KIHON, KATA, KUMITE E TÉCNICAS DE COMPETIÇÃO



61.FAIXA BRANCA (Exclusiva Para Criança De 3 Anos De Idade)



1-POSIÇÕES BÁSICAS

1) ZENKUTSU–DACHI (Fundamentos)

2) KIBA –DACHI (Fundamentos)



2- TSURI- WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)

1) OI-ZUKI (Ataque deslocando á frente)

3- GUERI-WAZA (TÉCNICAS DE PERNA)

1) MAE-GUERI (Golpe com o pé para frente)

4- ATE-UKE (TÉCNICAS DE DEFESA)

1) GEDAN-BARAI (Bloqueio até em baixo)

2) UCHI-UDE-UKE (Bloqueio interno)

3) AGE-UKE (Bloqueio ascendente)

5-DESLOCAMENTO DO CORPO

1)ZENKUTSU-DACHI (Fundamentos)

6-HOJO UNDO

A)Kedan baray, oi- zuki 3x, vira kedan baray , kiai, repete

B)kedan baray, mae-gueri 3x, vira kedan baray, kiai, repete

C)kedan baray, uchi-ude-uke 3x,vira kedan baray .kiai, repete



7-KATA (FORMAS)

1) JU NO -KATA

A)Kedan baray, oi- zuki , mae gueri, vira kedan baray , kiai,

,uchi-ude –uke,mae-gueri , vira kedan baray, kiai.





8- CONHECIMENTOS GERAIS E HISTÓRIA DO KARATÊ:



1)O QUE É O KARATÊ-DO ?

2)O QUE SIGNIFICA KARATÊ-DO ?

3)O QUE É ESTILO DE KARATÊ-DO ?








6.2. FAIXA CINZA (exclusivo para idade de 4 anos)



1-POSIÇÕES BÁSICAS

1) ZENKUTSU–DACHI (Fundamentos)

2) KIBA –DACHI (Fundamentos)

3) KOKUTSU –DACHI (Fundamentos)

2- TSURI- WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)

1) OI-ZUKI (Ataque deslocando á frente)

2) GYAKO-ZUKI ( Ataque com a mão invertida)

3- GUERI-WAZA (TÉCNICAS DE PERNA)

1) MAE-GERI (Golpe com o pé para frente)

2) MAWASHI-GUERI (Golpe com o pé circulando)

4- ATE-UKE (TÉCNICAS DE DEFESA)

1) GEDAN-BARAI (Bloqueio até em baixo)

2) UCHI-UDE-UKE (Bloqueio interno)

3) AGE-UKE (Bloqueio ascendente)

4) SHUTO-UKE (Bloqueio com o lado da mão)



5-DESLOCAMENTO DO CORPO

1)ZENKUTSU-DACHI,

2)KIBA-DACHI,KOKUTSU- (Fundamentos)



6- HOJO UNDO-

A) Kedan baray, oi zuki 3x, vira kedan baray repete;

B) Kedan baray, sambom zuki 3x, vira kedan baray repete;

C) Kedan baray, ague uke 3x, vira kedan baray repete;

D) Kedan baray ,uchi uke 3x, Vira kedan baray repete;

E) Morote kedan baray mae geri 3x vira repete;

F) Morote kedan baray mawshi geri 3x vira repete.



7-KATA (FORMAS)

1) JU NO KATA AORI SHODAN

Kedam baray , oi-zuki , sambon-zuki, vira kedan baray,

Ague –uke, anda uchi-uke, mãe geri vira kedan baray.



8- CONHECIMENTOS GERAIS E HISTÓRIA DO KARATÊ

1)O QUE É O KARATÊ-DO ?

2)O QUE SIGNIFICA KARATÊ-DO ?

3)O QUE É ESTILO DE KARATÊ-DO ?




6.3. FAIXA AZUL CLARA –( exclusiva para idade de 5 anos)



1-POSIÇÕES BÁSICAS

1) ZENKUTSU–DACHI (Fundamentos)

2) KIBA –DACHI (Fundamentos)

3) KOKUTSU –DACHI (Fundamentos)

2- TSURI- WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)

1) OI-ZUKI (Ataque deslocando á frente)

2) GYAKO-ZUKI ( Ataque com a mão invertida)

3)KIZAMI-ZUKI (Ataque com a mão da frente)

3- GUERI-WAZA (TÉCNICAS DE PERNA)

1) MAE-GUERI (Golpe com o pé para frente)

2) YOKO-GUERI (Golpe com o pé para o lado)

3) MAWASHI-GUERI (Golpe com o pé circulando)

4- ATE-UKE (TÉCNICAS DE DEFESA)

1) GEDAN-BARAI (Bloqueio até em baixo)

2) SOTO-UDE-UKE (Bloqueio externo)

3) UCHI-UDE-UKE (Bloqueio interno)

4) AGE-UKE (Bloqueio ascendente)

5) SHUTO-UKE (Bloqueio com o lado da mão)

5-DESLOCAMENTO DO CORPO

1)ZENKUTSU-DACHI (Fundamentos)



6)HOJO UNDO

A) Kedan baray guiaku zuki 3x vira repete;

B) Kedan baray sotouke 3x vira repete;

C) Shuto uke kokutsu 3x vira repete;

D) Kibadashi yoko geri 3x vira repete;

E) Mawashi geri 3x vira repete;



6-KATA (FORMAS)



1) JU NO kata AORI NIDAN

A)Kedan baray, guiaku zuki 3x, vira shuto uke kokutsu dashi 3x vira kiba dashi yoko gueri 3x, vira mawshi geri 3x vira kedan baray, kiai.



7- CONHECIMENTOS GERAIS E HISTÓRIA DO KARATÊ



1)O QUE É O KARATÊ-DO ?

2)O QUE SIGNIFICA KARATÊ-DO ?

3)O QUE É ESTILO DE KARATÊ-DO ?




6.4. FAIXA – AZUL ESCURA (exclusiva para idade de 6 anos)


1-POSIÇÕES BÁSICAS

1) ZENKUTSU–DACHI (Fundamentos)

2) KIBA –DACHI (Fundamentos)

3) KOKUTSU –DACHI (Fundamentos)

2- TSURI- WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)

1) OI-ZUKI (Ataque deslocando á frente)

2) GYAKO-ZUKI ( Ataque com a mão invertida)



4)TATE-ZUKI (Ataque com a lateral da mão fechada)



3- GUERI-WAZA (TÉCNICAS DE PERNA)

1) MAE-GUERI (Golpe com o pé para frente)

2) YOKO-GUERI (Golpe com o pé para o lado)

3) MAWASHI-GUERI (Golpe com o pé circulando)



4- ATE-UKE (TÉCNICAS DE DEFESA)

1) GEDAN-BARAI (Bloqueio até em baixo)

2) SOTO-UDE-UKE (Bloqueio externo)

3) UCHI-UDE-UKE (Bloqueio interno)

4) AGE-UKE (Bloqueio ascendente)

5) SHUTO-UKE (Bloqueio com o lado da mão)



5-DESLOCAMENTO DO CORPO

1)ZENKUTSU-DACHI (Fundamentos)



6) HOJO UNDO

1)Kedan Barai , Oi Zuki, Esquerdo Direito

2)Ague Uke, Oi Zuki, Esquerdo Direito

3)Shuto Uke, Oi Zuki, Esquerdo Direito,

4)Kedan Barai, Mae Geri , Oi Zuki

5)Kedan Barai, Yoko Geri, Oi Zuki,

6)Kedan Barai, Mawashi Geri, Oizuki



6-KATA (FORMAS)

1)HEIAN SHODAN

BUNKAI- ATAQUE OI ZUKI DEFESA UCHI UKE- MEIO,ATAQUE OI ZUKU DEFESA AGE UKE, ATAQUE OI ZUKI DEFESA SHUTO UKE.



7- CONHECIMENTOS GERAIS E HISTÓRIA DO KARATÊ

1)O QUE É O KARATÊ-DO

2)O QUE SIGNIFICA KARATÊ-DO ?

3)O QUE É ESTILO DE KARATÊ-DO ?



6.5. FAIXA BRANCA (iniciantes acima da idade de 7 anos)

5.1 FAIXA AMARELA ( exclusiva para quem iniciou antes de 7 anos)



1-POSIÇÕES BÁSICAS

1) ZENKUTSU–DACHI (Fundamentos)

2) KIBA –DACHI (Fundamentos)

3) KOKUTSU –DACHI (Fundamentos)



2- TSURI- WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)

1) OI-ZUKI (Ataque deslocando á frente)

2) GYAKO-ZUKI ( Ataque com a mão invertida)



4)TATE-ZUKI (Ataque com a lateral da mão fechada)



3- GUERI-WAZA (TÉCNICAS DE PERNA)

1) MAE-GUERI (Golpe com o pé para frente)

2) YOKO-GUERI (Golpe com o pé para o lado)

3) MAWASHI-GUERI (Golpe com o pé circulando)



4- ATE-UKE (TÉCNICAS DE DEFESA)

1) GEDAN-BARAI (Bloqueio até em baixo)

2) SOTO-UDE-UKE (Bloqueio externo)

3) UCHI-UDE-UKE (Bloqueio interno)

4) AGE-UKE (Bloqueio ascendente)

5) SHUTO-UKE (Bloqueio com o lado da mão)



5-DESLOCAMENTO DO CORPO

1)ZENKUTSU-DACHI (Fundamentos)



6) HOJO UNDO

1) Kedan Barai , Oi Zuki, Esquerdo Direito

2) Ague Uke, Oi Zuki, Esquerdo Direito

3) Shuto Uke, Oi Zuki, Esquerdo Direito,

4) Kedan Barai, Mae Geri , Oi Zuki

5) Kedan Barai, Yoko Geri, Oi Zuki,

6) Kedan Barai, Mawashi Geri, Oizuki



7-KATA (FORMAS)

1)Heian Shodan

Bunkai- Ataque Oi Zuki Defesa Uchi Uke- Meio,Ataque Oi Zuku Defesa Age Uke, Ataque Oi Zuki Defesa Shuto Uke.



8- CONHECIMENTOS GERAIS E HISTÓRIA DO KARATÊ

1)O QUE É O KARATÊ-DO

2)O QUE SIGNIFICA KARATÊ-DO ?

3)O QUE É ESTILO DE KARATÊ-DO ?


6.6 FAIXA AMARELA

1-POSIÇÕES BÁSICAS (Seqüência Numérica Nas Bases)

4)HEISUKO DACHI (Fundamentos)

5)HEIKO DACHI (Fundamentos)

6)UCHI-HACHIJI-DACHI (Fundamentos)

7)SHINZENTAI (Fundamentos)

8)MUSUBI DACHI (Fundamentos)



2-TSUKI WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)

1)URAKEN-UCHI (Golpe com as costas da mão)

2)SHUTO-UCHI (Golpe coma lateral posterior da mão)



3- GUERI-WAZA (TÉCNICAS DE PERNA)

1)MAE GUERI (Golpe com o pé para frente)

-KEKOMI (Profundo)

-KEAGUE (Alto)

2)YOKO GUERI (Golpe com o pé para o lado)

-KEKOMI (Profundo)

-KEAGUE (Alto)

3)FUMIKOMI (Técnica de pisoteio)



4-ATE-UKE (TÉCNICAS DE DEFESA)

1)HAISHU-UKE (Bloqueio com o dorso da mão)

2)TEISHO-UKE (Bloqueio com a palma da mão)

3)MOROTE-UKE (Bloqueio duplo)

4)OTOSHI-UKE (Bloqueio impelido para baixo)

5- DESLOCAMENTO DE CORPO

1)KOKUTSU DACHI

2)KIBA DACHI

6- HOJO UNDO-

1) KEDAN BARAI, GUIAKU ZUKI- ESQUERDO DIREITO

2) UCHI UKE , GUIAKU ZUKI ESQUERDO DIREITO

3) SOTO UKE, GUIAKU ZUKI ESQUERDO DIREITO

4) SHUTO UKE, GUIAKU ZUKI ESQUERDO DIREITO;

5) MAE GERI GUIAKU ZUKI, YOKO GERI GUIAKU

6) ZUKI,MAWASHI GERI GUIAKU ZUKI

6-KATAS (FORMAS)

2)HEIAN NIDAN

BUNKAI – Dois Adversarios- Frente Ataca Oizuki Meio Defende Uchi Uke Contra Ataca Guiaku Zuki, Atras Ataca Oi Zuki Jodan, Vira Defende Age Uke Contra Ataca Mae Geri ,Guiaku Zuki

KOTE KITAE

KATA HANGETSU PRINCIPIOS DE ABSORÇÃO

7-CONHECIMENTOS

4)O QUE SIGNIFICA SHOTOKAN ?

5)QUEM FOI O CRIADOR DO ESTILO ?

6)ESCOLAS QUE DERAM ORIGEM AO KARATÊ-DO ?





6.7. FAIXA VERMELHA



1-POSIÇÕES BÁSICAS (Seqüência Numérica Nas Bases)

09) FUDO DACHI (Fundamentos)

10) NEKOASHI DACHI (Fundamentos)

11)SHIKO DACHI (Fundamentos)

2-TSUKI WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)

7)EMPI-UCHI (Ataque com o cotovelo)

a)MAWASHI b)USHIRO

c)MAE d)YOKO e)OTOSHI

8)MAWASHI-ZUKI (Golpe com a mão circular)

3- GUERI-WAZA (TÉCNICAS DE PERNA)

7)KAKATO GUERI (Golpe palma do pé)

8)MIKAZUKI GUERI (Golpe crescente circular)

4-ATE UKE (TÉCNICAS DE DEFESA)

10)JUJI UKE (Defesa em cruz)

11)SENEASHI UKE (Defesa duplo ascendente)

12)SHUTO BARAI (Bloqueio lateral da mão varredura)

5-DESLOCAMENTO DO CORPO

4)YORI ASHI (Deslizamento)

5)TSUGI ASHI (Evasivo)

6)HARI ASHI (Encaixe de quadril)

7)KAWASHI (Giro do corpo)

8)KIHON IPPON (Fundamento)

6) HOJO UNDO-

A)KEDAN BARAI, DEFESA MOROTE- ESQUERDO DIREITO,

B) KEDAN BARAI, ATAQUE NUKITE- ESQUERDO DIREITO;

C)BASE KIBADASHI, PISAO FUMIKOMI, SHUTO KOKUTSU ESQUERDO DIREITO;

D)BASE KIBADASHI, YOKO GERI 3X

7-KATA (FORMA)

3)HEIAN SANDAN

BUNKAI- FRENTE ATACA OI ZUKI, DEFENDE COM SHUTO UKE E CONTRA OI ZUKI, RECEBE ATAQUE NAS COSTA VIRA DEFENDE COM EMPI CHUTA YOKO GERI , PASSA BANDA APLICA OTOSHI ZUKI.

KOTE KITAE

KATA HANGETSU COM APLICAÇÃO DE ABSORÇÃO

8-CONHECIMENTOS

7)QUAIS AS CARACTERÍSTICAS DO SHOTOKAN ?

8)DATAS E LOCAIS DAS PRIMEIRAS APRESENTAÇÕES ?

9)NOMES DAS FAIXAS PELAS CORES ?

10)CUMPRIMENTOS ?



6.8. FAIXA LARANJA



1-POSIÇÕES BÁSICAS

12)HACHIJI DACHI (Fundamentos)

13)RENOJI DACHI (Fundamentos)

14)TEIJI DACHI (Fundamentos)

15)HIDORI SHINZENTAI (Fundamentos)

16)MIDORI SHINZENTAI (Fundamentos)

2-TSUKI WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)

9)KAGI ZUKI (Golpe de gancho)

10)AGE ZUKI (Golpe ascendente)

11)NAGASHI ZUKI (Golpe com giro do corpo)

3-GUERI WAZA (TÉCNICAS DE PERNA)

9)USHIRO GUERI (Golpe com pé para trás)

10)TOBI GUERI (Golpe saltando)

1)MAE 2)YOKO 3)MAWASHI

11)URA MAWASHI (Golpe com o pé invertido circular)

4-ATE WAZA (TÉCNICAS DE DEFESA)

13)SUKUI UKE (Bloqueio de gancho)

14)OSAE UKE (Bloqueio com pressão)

15)TSUKAMI UKE (Bloqueio segurando)

5-DESLOCAMENTO DO CORPO

9)KAMAE (Base de luta)

a)ESQUERDO b)DIREITO

10)MUDANÇAS DE BASES

11)MOVIMENTOS DE PRINCÍPIOS DE KUMITE

12)KIHON SAMBON (Fundamentos)

6-HOJO UNDO-

A) KEDAN BARAI, ANDA DEFESA KEDAN JUJE UKE, MOROTE TIUDAN, OI ZUKI, VIRA REPETE;

B) KEDAN BARAI,YOKO GERI, MAWASHI EMPI,

C) KEDAN BARAI, NUKITE, ESQUERDO DIREITO;

D) MAE GERI, OTOSHI URUKEN, KAKI DACHI, VIRA REPETE

E) MOROTE NKITE, HIZA GERI ESQUERDO DIREITO, VIRA REPETE

KOTE KITAE

7-KATA (FORMAS)

4)HEIAN YONDAN

BUNKAI- QUATRO ADVERSARIOS : Oizuki Defesa Morote Kedanjuji Uke, Contra Ataque Ura Zuki, Vira Ataque Oi Zuki Defesa Uchi Sotouke, Ataque Mae Gueri Com Urakem, Vira Oizuki Defesa Uchi Soto Uke , Ataque Sambom Zuki, Ataque Oi Zuki Defesa E Ataque Com Hiza Geri

HANGETSU COM ABSORÇÃO

8-CONHECIMENTOS

11)DOMÍNIO DA HISTÓRIA


6.9.FAIXA VERDE

1-POSIÇÕES BÁSICAS

17)SANCHIN DACHI (Fundamentos)

18)SOCHIN DACHI (Fundamentos)

19)HANGETSU DACHI (Fundamentos)

20)GANKAKU DACHI (Fundamentos)

21)SAJI DACHI (Fundamentos)

2-TSUKI WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)

12)HAITO UCHI (Golpe com a lateral anterior da mão)

13)MOROTE ZUKI (Golpe duplo de mão)

14)MAE TE ZUKI (Golpe de mão fechada para frente)

15)TOBIKOME ZUKI (Golpe para frente de mão fechada)

16)HEIKO ZUKI (Golpe paralelo)

3-GUERI WAZA (TÉCNICAS DE PERNAS)

12)HITTSUI (Golpe com o joelho)

a)MAE b)MAWASHI

13)MIKAZUKE (Golpe circular crescente)

14)NAMIASHI (Golpe com chibatada)

4-ATE UKE (TÉCNICAS DE DEFESA)

DOMÍNIO DAS TÉCNICAS

5-DESLOCAMENTOS DE CORPO

13)KUZUSHI WAZA (Técnicas de desequilíbrio)

1)IMPACTO PARA DESEQUILÍBRIO

2)EMPURRÃO E DESEQUILÍBRIO

3)IMPULSO DE ADVERSÁRIO PARA DESEQUILÍBRIO

14)JYU IPPON KUMITE (Fundamentos de luta)

6-HOJO UNDO

A) KOKUTSU DEFESA UCHI UKE, GUIAKU ZUKI 3X , VIRA REPETIR

B)BASE ZENKUTSU, DEFESA KEDAN JUJI UKE , JODAN JUJI UKE, OIZUKI 2X VIRA REPETE;

C) KEDAN BARAI , BASE KIBADACHI , YOKO GERI 3X VIRA REPETE,

D)KOKUTSU, SHUTO UKE, GUIAKU ZUKI 3X, VIRA REPETE,

7-KATA (FORMAS)

8)HEIAN GODAN

BUNKAI- QUATRO ADVERSARIO- Ataque Oizuki Defesa Uchi Uke ,Contra Ataque Guiaku Zuki, Banda Guiaku, Vira Ataque Oizuki Defesa E Ataque Nukite Nos Testiculos, Banda Guiaku, Vira Ataque Com Mawashi Geri Defesa Alta Com Banda E Guiaku Finalizando.



KOTE KITAE

HANGETSU ABSORÇÃO

8-CONHECIMENTOS

DOMÍNIO DA HISTÓRIA E DOS NOMES DAS TÉCNICAS.





6.10. FAIXA ROXA

1-POSIÇÕES BÁSICAS

DOMÍNIO DO CONHECIMENTO DE TODOS OS NOMES E BASES.



2-TSUKI WAZA (TÉCNICAS DE MÃO)



DOMÍNIO DO CONHECIMENTO DE TODOS OS NOMES E TÉCNICAS.



3-GUERI WAZA (TÉCNICAS DE PERNAS)



DOMÍNIO DO CONHECIMENTO DE TODOS OS NOMES E TÉCNICAS.



4-ATE WAZA (TÉCNICAS DE DEFESA)



DOMÍNIO DO CONHECIMENTO DE TODOS OS NOMES E TÉCNICAS.



5-DESLOCAMENTO DO CORPO

1)PRINCÍPIOS DO CONTROLE DAS PRÓPRIAS REAÇÕES E DO ADVERSÁRIO.

2)PRINCÍPIOS DO RECONHECIMENTO DA OPORTUNIDADE OU ABERTURA PARA APLICAÇÃO DAS TÉCNICAS.

3)PRINCÍPIOS DE MAAI (Distância efetiva)

4)PRINCÍPIOS DE TEMPO DE LUTA

1)KAKE WAZA (Atacar sem o ataque do adversário)

2)OJI WAZA (Responder ao ataque do adversário)

3)SHIKAKE WAZA (Técnicas de engano)

5)DOMÍNIO DO KIHON (Fundamentos)

6)SHIAI KUMITE (Técnicas de competição)

6-HOJO UNDO

A)DEFESA BASE KIBADASHI- AGUE UKE, SHUTO UKE,SOTO UKE, KEDAN BARAI 3X CADA,

B)ATAQUE BASE KIBADASHI- MAE GUERI, YOKO GERI, USHIRO GERI, NAMIASHI GERI 3X

C) DESLOCAMENTO KOKUTSU



7-KATA (FORMAS)

6)TEKKI SHODAN

BUNKAI- BASE KIBADASHI- ATAQUE OIZUKI DEFESA UCHI UKE CONTRA ATAQUE SHOKU ZUKI, ATAQUE MAE GERI, DEFESA SUKUI UKE ATAQUE SHOKU ZUKI;

KOTE KITAE

KATA HANGETSU ABSORÇÃO E IBUKI

8-CONHECIMENTOS DE ARBITRAGEM DE COMPETIÇÃO

1)CONHECIMENTO DE PRIMEIROS SOCORROS.

6.11.FAIXA MARROM



DOMÍNIO DO CONHECIMENTO DAS TÉCNICAS ANTERIORES.

5) DESLOCAMENTO DO CORPO

A) YORI ASHI (Deslizamento)

B) FUMIKOMI ASHI (Pisando)

C) TSUGI ASHI (Evasivo)

6) KAWASHI (GIRO DO CORPO)

Ajuste da direção do corpo.

7) TÉCNICAS DE APOIO

A)KUZUSHI WAZA (Técnicas de desequilíbrio)

8) MAAI (DISTÂNCIA EFETIVA)

a)Distância entre ambos os adversários

b)Distância individual para aplicação do golpe

c)Distância com possibilidade do adversário desferir o seu golpe

9)TEMPO DE REAÇÃO NA LUTA

A)KAKI WAZA – ( Atacar sem o ataque do adversário).

a)Executar uma técnica no momento em que perceber

que o adversário vai atacar.

B)OJI WAZA – ( Responder o ataque do adversário)

B1)SEN – (Início do ataque do adversário).

a)Adiantar no ataque do adversário e contra-atacar.

B1a)KAKI NO SEN – (Antes do movimento.)

B1b)TAI NO SEN – (Durante o movimento).

B2)GO NO SEN – (Depois do ataque do adversário).

a)Executar o bloqueio do ataque do adversário e contra-atacar.

C)SHIKAKO WAZA (Técnicas de engano)

a)– Aplicação de técnicas que deixem o adversário em condições de receber o ataque.

C1)SASOI WAZA (Técnica de incitação)

a)– Provoca o adversário para o ataque e

usa o SEN ou GO NO-SEN para o contra-ataque.

C2)KUZUSHI WAZA (Técnica para desequilibrar)

a)– Rompe-se o equilíbrio do adversário (mental ou físico) e

aplica-se o ataque definitivo.

C3)ENZOKU-KOGEKI-WAZA (Ataque contínuo)

a)– Inicia-se ataques contínuos para provocar o adversário

a defender-se; e aplica-se o ataque definitivo

D) MIKIRI – ( Movimento de voleio antecipando o ataque definitivo).

E) TAI SABAKI – (Giro sobre o quadril antecipando o ataque definitivo.)

F) OSAE UKE – (A defesa e contra-ataque ao mesmo tempo e movimento) G) NAGE WAZA – (Projeção)

G) HENZOKU WAZA (Encadeamento de técnica).

H) HOJO UNDO-

A) Ataque De Mawashi Defesa Shuto Uke Kokutsu, Contra Ataque De Mae Gueri E Oi Zuki;

B) Ataque De Nukite Tiudan Defesa De Kedan Barai E Contra Ataque De Haito Na Cabeça, Banda E Guiaku Zuki,

C) Ataque De Oizuki, Mae Geri E Guiaku Zuki, Defesa Recuando Contra Ataque De Ushiro Geri Ecom Banda E Guiaku,

D) Ataque E Mawashi E Guiaku Defesa Banda E Guiaku Finalizando,

KOTE KITAE

6 – KATA

7) APLICAÇÃO BASSAI DAY COM BUNKAI QUATRO ADVERSARIOS

HANGETSU COM ABSORÇÃO



6.12. FAIXA PRETA 1º DAN



1 - FUNDAMENTOS: Demonstrar conhecimento e dominar as técnicas básicas do Karate – Do. Possuir a capacidade de utilizar essas técnicas.



2 - KATA

8) KANKU DAY

9) JITTE

10) HANGUETSU

- Aplicação



3-KUMITE



6.13.FAIXA PRETA 2º DAN



1-FUNDAMENTOS: Conhecedor e domínio das técnicas básicas do Karate – Do. Possuir capacidade ampla de utilizar essas técnicas.

2-KATA

11) EMPI

12) GANKAKU

13) JION

14) NIJUSHIHO

- Aplicação

3-KUMITE



6.14.FAIXA PRETA 3º DAN



1-FUNDAMENTOS: Conhecedor e domínio amplo das técnicas de Karate – Do

. Capacidade de utilizar essas técnicas e ensinar.

2-KATA

15) CHINTE

16) UNSU

17) SOCHIN

18) WANKAN

19) GOJUSHIRO SHO

- Aplicação



3) KUMITE





6.15.FAIXA PRETA 4º DAN



1) CONHECIMENTO EXIGIDO: Conhecedor e domínio das técnicas de Karate – Do e capacidade de ensino.



2) KATA

20) GOJOSHIRO – DAI

21) MEYKIO

22) KANKU – SHO

23) BASSAI – SHO

APLICAÇÕES

3- KUMITE



6.16.FAIXA PRETA 5º DAN



CONHECEDOR DAS TÉCNICAS DO KARATE – DO E NÍVEL SUPERIOR,

COM CAPACIDADE DE SOMAR EXPERIÊNCIAS PRÓPRIAS.



6.17.FAIXA PRETA 6º DAN



ELEMENTO QUE DEDICOU O CORPO E A ALMA NO “SHUGYO” DO KARATE – DO QUE CONSEGUIU ALCANÇAR ALTO NÍVEL DE CAPACIDADE TÉCNICA E ESPIRITUAL.



6.18.FAIXA PRETA 7º DAN



ELEMENTO QUE DEDICOU O CORPO E A ALMA NO “SHUGYO” DO KARATE – DO E QUE CONSEGUIU ALCANÇAR O NÍVEL DE MATURIDADE NO ESPIRÍTO E NA TÉCNICA.



6.19.FAIXA PRETA 8º DAN



ELEMENTO QUE DEDICOU O CORPO E A ALMA E QUE ALCANÇOU O NÍVEL ACIMA DE SUPERIOR NO ESPIRÍTO E NA TÉCNICA, CONSIDERADO AO NÍVEL “SEY – MYO”

Arquivo do blog